Home Ask submit faq face Bye
Sim , se cortar é uma maneira de se sentir melhor , se cortar , alivia a dor , o rancor na sua alma , Depressão é coisa séria , Se não conhece , não julgue , Devemos respeitar um ao outro . Devemos ter a fé e acreditar que dias melhores também virão .
Whatever the prophecy....
+
Sou perdedora da minha própria maratona, onde a única corredora sou eu.
Thaís Ziberman (via alinhou)
Tão inteligente para escrever sobre o amor e tão burra para amar…
Clarice Lispector. (via sua-futuraex)
"Pareço bem, mas estou piorando mais a cada dia que passa."
Eu não escrevo para que me entendam, eu escrevo para me entender, não faço força para ser compreendido, só expresso o que vem de dentro da alma em palavras. Não busco sentimentos que não existem e nem compartilho momentos que não vivi, apenas, escrevo com a intenção de anotar o que hoje eu senti, nada mais que isso, aos que me entendem, parabéns, aos que me acham confuso, parabéns também. Prefiro escrever algo real com a consciência limpa do que algo banal por troca de migalhas de atenção, prefiro que as pessoas se encontrem em mim através de fatos, e não através de frases sem sentimento. E sempre será assim, na maioria das vezes, confuso e incompreendido, pelo menos assim eu tenho a certeza que os loucos serão os únicos a dizer, isso fez sentido, ou não. Talvez não faça sentido mesmo, mas pra mim faz e é isso que importa.
Sean Wilhelm.   (via condutivo)
Você já sentiu que precisava recomeçar, ser uma nova pessoa?
Miley Cyrus.   (via adoravel-sonhador)
A gente nunca sabe quando uma história vai se tornar inesquecível… Até que ela se torna. Não sou o homem mais bonito, nem o mais inteligente ou rico. Sou simples, sempre fui. Mas se me perguntassem o que de mais valor há no meu mundo, eu diria o nome da mulher que amo. Vou dizer uma coisa com toda a dor do mundo: Um dia todo mundo perde a fé no amor. É triste, mas é a verdade. E sabe por que isso acontece? Porque os seres humanos são ingênuos. Nós acreditamos no amor que queremos acreditar. E por um certo tempo, isso se torna algo lindo, e realmente é. O amor que uma criança sente e acredita é um dos mais bonitos e sinceros do mundo. Mas o problema está nas fantasias. Está nos filmes, nos livros. Está naquele casal extremamente lindo, que se encontrou em um deserto e se olhou pela primeira vez e pensou: “É o amor da minha vida”. Não estou dizendo que é impossível, mas acredito que o amor não está no primeiro olhar ou na primeira conversa, está na segunda, terceira, quarta… décima oitava, quem sabe? O amor aparece quando se acha que ele não vai aparecer. O amor é aquele convidado da festa que sempre se atrasa… Mas chega. A verdade é que ninguém é de ferro. Dói cair na ilusão e se levantar na fantasia. Então a gente se cansa. Então acordar sozinho se torna rotina. Então ser uma pessoa fria quando se trata de sentimentos não é mais uma opção, mas sobrevivência. E a vida já não é mais vivida, ela é apenas uma platéia que observa o tempo passar. A gente se engana com o argumento de que ser sozinho é mais fácil, mais simples. Mas no fundo? A grande real? Ser sozinho uma hora pesa. E então ver casais brigando se torna algo para ser invejado, você olha e pensa “Pelo menos vocês tem alguém para brigar”, isso é insano, mas é o efeito da solidão. Então observar a felicidade alheia se torna uma tortura. Então a gente já não sabe mais o que é felicidade, não sabe a sua cor, cheiro ou gosto. Felicidade se torna uma palavra, apenas uma palavra. E aí está uma das coisas mais tristes da vida: Se conformar com a infelicidade. Se eu pudesse dar um conselho, qualquer um, eu diria: Não se conforme, com nada. Não desista da vida ou de viver. Não desista do amor ou de amar. Não desista, não deixe de acreditar. E, se deixar, procure um motivo para acreditar novamente. Repito mais uma vez: Não sou o homem mais completo do mundo e estou longe de ser, mas amo uma mulher com todo o amor que existe em mim. E isso é uma das coisas que eu mais tenho orgulho de dizer. Por que acreditar no amor quando tudo é dor e decepção? Porque, quando menos se espera, alguém aparece. E eu não estou dizendo de um simples alguém, mas “O alguém”. E então você percebe que uma risada pode se tornar viciante. Então você sente uma sensação gostosa quando suas peles se tocam por acaso, sente um aperto no peito. E então você sente, pela primeira vez, que é possível amar alguém que vai lhe amar com a mesma intensidade do seu amor. E você descobre que a felicidade tem a cor, cheiro e gosto dessa pessoa. A felicidade já não é mais apenas uma palavra, mas um nome e sobrenome. A solidão, quando aparecer, pode ser dividida em partes iguais com alguém. Mas, então, você percebe que não há como existir solidão quando o resultado de um mais um é igual à dois. Ou seria três? A gente nunca sabe quando o amor pode dar frutos… Até que seja preciso colher. E sabe o que você vai ter que pensar quando isso acontecer? "Quanto será que custa um berço?".
Allax Garcia.  (via condutivo)
Mas cara, uma coisa eu aprendi, quem te arranca um sorriso fácil, arranca o coração facinho também.
Soulstripper. (via distanciarei)

” Dias melhores também virão ” 

9 months ago 0 notes · reblog
FUTURASUICIDA ©